Conferência sobre a Época de Bocage…

Na passada sexta-feira, dia 10 de setembro, no MAEDS (Museu de Arqueologia e Etnografia do Distrito de Setúbal), às 21.30 teve lugar a conferência “A Época de Bocage – Resistências e Mudanças no Ocaso do Antigo Regime”

Foi preletor o Dr. António Chitas, professor e membro do Rotary Club de Setúbal que fez um claro e detalhado retrato do ambiente sócio – politico em que Bocage vivia, entre a conservadora defesa do Ancien Regime e a penetração inevitável das ideias do Iluminismo, ambiente que necessáriamente o influenciou.

Como o filósofo espanhol Ortega e Gasset anos mais tarde nos veio lembrar, “Eu sou eu e a minha circunstância…” e tal pode ser transposto para Bocage, e como tal, a época em que o poeta setubalense viveu marcou também a sua curta existência de 40 anos (1765 – 1805), assim como marcou a sua obra que ainda actualmente nos continua a fascinar.

A sala do MAEDS, cuja capacidade esteve dependente das regras sanitárias relativas à pandemia, impossibilitou a entrada de mais alguns interessados, o que se lamenta, tendo-se apresentado com a lotação esgotada, devido ao interesse despertado pelo tema junto dos setubalenses.

Esta conferência constituiu a Abertura das Comemorações dos 150 anos do Monumento a Bocage que até Fevereiro do próximo ano irá apresentando um programa de eventos diversificados alusivos à efeméride, e cujas notícias sairão semanalmente no jornal “O Setubalense” e que serão também divulgadas no site do RCS, em virtude da importância dos eventos e consequente adesão do clube à organização das referidas comemorações.